OURO DE TOLO

Ouro de tolo?

Conquistas sem qualquer profundidade – sem valor para si próprio!

“Ouro de Tolo” tem por pretensão procurar demonstrar o real sentido em se dedicar a conquistas que podem até possuir um alto valor para as outras pessoas – mas que de um ponto de vista pessoal, não têm valor nenhum para essa pessoa.

 “Ouro de Tolo” procura descrever uma situação que poderia ser simbolicamente traduzida segundo a seguinte alegoria:

– Quem está perdido no deserto do Saara gostaria de topar com uma maleta contendo um milhão de dólares?

Talvez…

Mas seria isso o que mais gostaria de encontrar alguém perdido no deserto do Saara?

Que tal apenas água?

Afinal, o que esse alguém daria por um copo d’água?

Daria tudo o que tivesse – inclusive, a maleta com um milhão de dólares.

Lançada em 1973, “Ouro de Tolo” é uma das mais importantes marcas da criatividade de Raul Seixas.

A letra de “Ouro de Tolo” retrata o tom de decepção dele, Raul Seixas, ao ter “conseguido tudo o que eu quis”.

Descrevendo o que fazia parte desse tudo que ele queria:

– Ter um emprego e um bom salário;

– Ser um profissional de sucesso;

– Morar no bairro que era o objeto de desejo dos habitantes da cidade;

– Ter o domingo para ir ao jardim zoológico…

Raul Seixas sempre foi um artista polêmico.

Sua verve criativa não propiciava a quem o ouvisse a chance de ser indiferente ao que ele cantava:

– Irônico…

– Debochado…

– Escrachado…

E ao mesmo tempo um contestador – de seu tempo e de seu espaço.

Raul Seixas morreu em 21 de agosto de 1989.

Talvez ele estivesse perdido no “deserto do Saara” de suas expectativas – suas muitas expectativas.

Uma expectativa atrás da outra…

Tão perdido que estaria disposto a trocar o que tinha até então por algum “copo d’água” – tipo:

– Um minuto de atenção;

– Uma palavra de reconhecimento;

– Um elogio sem devaneios;

– Um contato sem divagação;

– Um apreço sem razão…

Muitas pessoas passam sua vida inteira buscando ouro – uma metáfora cruel para definir todo aquele que não entendeu o real sentido da vida!

Pois só quem entende que o verdadeiro ouro em nossa vida está em nosso coração é quem o alcança…

***

 

Comentários: