PENSAMENTO

Pensamentos nem sempre nos ocorrem por conta do destino de nossa viagem.

Na maioria das vezes eles ocorrem simplesmente por conta das experiências que vivenciamos durante o trajeto…

***

Quem não acredita na existência de uma energia maior regendo o Universo é porque nunca parou para refletir sobre o significado da palavra eternidade.

Sentir-se injustiçado é nunca se sentir sozinho: há mais de 6 bilhões de pessoas no mundo prontas a se solidarizar com esse sentimento.

Não existe assunto chato; existe é gente que não sabe conversar.

Alguém pensar que sozinho controla tudo o que ocorre ao seu redor é justamente o motivo de ele estar sozinho.

Com o tempo qualquer empresa se torna um lugar muito chato – para quem trabalha nela somente pensando na aposentadoria.

Um negócio só se torna inviável quanto ao seu futuro quando seu empreendedor não prestou atenção no passado.

A diferença entre um louco e um empreendedor é que o empreendedor consegue convencer os outros – que não é louco.

Não há nada de errado em se viver com a cabeça no ar – desde que não se leve os pés junto.

A vida poderia ser muito mais fácil para a maioria das pessoas se elas assumissem para si próprias como é difícil ela ser entendida.

Se um superior não consegue entender um inferior, afinal, ele é superior em quê?

Uma pessoa só acha que sabe tudo quando está muito mal informada.

Qualquer empresa jamais será objeto de desejo de potenciais compradores se for administrada com o único objetivo de ser vendida.

Qualquer análise de um problema corporativo deve ser feita sempre assim: tratando o problema como um simples problema – corporativo.

Procure não constranger as pessoas por suas idéias – afinal, na maioria das vezes, essas idéias não passam apenas de idéias.

Cuidado ao refinar seu vocabulário quando for dizer alguma coisa: a maioria das pessoas nem sequer sabe o que significa vocabulário.

Não sei para onde a vida nos leva – só sei que ela nos leva.

Não existe esquerda competente: somente direita incompetente.

Não acredito no que falam os céticos; mas essa ainda não é a melhor maneira de desacreditá-los.

Não há palavras que possam descrever os sentimentos de uma pessoa quando essa pessoa não sente nada.

Não há fracasso mais inevitável na vida de uma pessoa do que ela acreditar que um dia ela vai atingir a perfeição.

Nunca tenha medo de dizer o que você pensa – desde que você tenha pensado em todas as eventuais consequências do que vai dizer.

Empresas estão repletas de pessoas insubstituíveis – e cemitérios também.

Uma pessoa só se sente constrangida com uma frase de efeito quando essa frase confirma a falta de efeito dessa pessoa.

Não conte com a tolerância de seu chefe ao não atingir suas metas de desempenho – a não ser que seu chefe seja o Papa.

A verdadeira essência de DEUS continua nos dias de hoje onde sempre esteve desde o início dos tempos: dentro de nós.

Deixar uma cicatriz foi a forma que a natureza encontrou para nos lembrar de não cometermos o mesmo erro de novo.

A possibilidade de se ter diversas opções na vida é muito importante: mas opções representam apenas possibilidades.

Quando alguém acha que poderia ter um emprego melhor do que aquele que já possui, o que ainda está esperando para trocar de emprego?

O fato de não se entender a lógica de um sistema não significa que esse sistema não tenha sua lógica.

Deixar a ordem natural das coisas seguir seu fluxo é como dirigir um carro: não se precisa dos freios para desviar, precisa-se é da direção.

Nem todo problema tem solução; mas só se deve chegar a essa conclusão depois de se esgotar todas as alternativas.

Esperar chegar o dia em que não precise dar satisfações a ninguém no trabalho é esperar inconscientemente pela aposentadoria.

Caderneta de poupança não é investimento – e daí? Por acaso salário é renda?

Há prazeres na vida que nem um bom salário paga – foi por isso que inventaram o cartão de crédito.

Na estrada da vida diante de bifurcação, procure escolher aquela com possibilidade de retorno.

Reencarnação não é somente um novo corpo numa nova vida: é também o mesmo corpo, desde que renovado o mesmo espírito.

Só existe um problema quando há alternativas; se não há alternativas não há problema, apenas um fato – com o qual teremos de aprender a conviver.

Cigarro, álcool, açúcar, sal, gordura, sedentarismo… O simples fato de querer se sentir vivo mata.

A vida nos dá um único ensinamento: vivemos para aprender.

É espantoso o que uma pessoa é capaz de falar quando não tem nada a dizer.

Tudo na vida tem sempre uma explicação racional – exceto nossos pensamentos.

***

“A razão porque muitas pessoas se perdem em pensamentos é que estão em território não familiar.” (Alfred E. Newman)

 

PORQUE NOSSO PENSAMENTO INFLUENCIA NOSSO POTENCIAL

Se seu pensamento lhe diz:

– Eu posso!

Então você pode.

Se seu pensamento lhe diz:

– Eu não posso!

Então você não pode.

Se em seu pensamento você determinar que poderá realizar alguma tarefa, sua condição mental influenciará todo seu entorno – físico, químico, biológico, mental, espiritual…

E essa condição determinará automaticamente a busca necessária pelo seu subconsciente dos recursos necessários em seu organismo para a efetivação da empreitada.

Isso não quer dizer, necessariamente, que simplesmente pensar em “sucesso” garantirá o sucesso.

Se pensar em sucesso fosse o suficiente para alcançá-lo, qualquer brasileiro já teria ganho na Mega-sena – pelo menos umas quinze vezes por ano.

Só que, por exemplo (e só como exemplo), se alguém estiver a fim de uma garota (ou de um garoto), e ficar pensando que ela (ou ele) não vai lhe dizer “sim” ao seu ego, esse alguém não vai “chegar”; isso significará o quê?

Que na prática esse alguém já fracassou.

Pois se ele “chegasse junto”, haveria pelo menos uma probabilidade do “sim” (numa proporção de 50%, uma vez que o “não” teria os outros 50%).

Quando o pensamento de alguém considerar uma tarefa inatingível, inatingível ela já terá se tornado – pois o mesmo entorno será influenciado por esse pensamento (físico, químico, biológico, mental, espiritual…).

Não perguntando, não se mostrando, não se arriscando, a pessoa já perdeu (o “não” já é 100%).

Enfim, a decisão é da pessoa – e sempre será.

Quanto a mim…

Antes de eu começar a escrever este Post, ponderei sobre todo o desconforto que eu sentiria se você não o lêsse: 50%. Mas considerei que, matematicamente, restavam ainda 50% de chances que você o considerasse bobagem… Mas isso, só depois de lê-lo!

Pense bem…

Se eu não o tivesse escrito, o percentual de leitura seria óbvio – 0%.

O que é que eu fiz?

Você está lendo este post, não está?

Meu pensamento me diz muitas coisas ao longo do dia – mas independentemente disso, procuro fazer minha parte…

***

“As ações de um homem são os melhores intérpretes de seus pensamentos.” (John Locke)

 

ATO OU PENSAMENTO?

O que é mais importante na arte da gestão: nossos atos ou nossos pensamentos?

Fique esperto: os pequenos atos que executamos no dia a dia podem ser muito mais importantes na definição do destino de nossas vidas do que originariamente tenhamos planejado em nossos pensamentos…


O conselho de administração de uma grande empresa entendeu que estava na hora de mudar o estilo de gestão vigente, insatisfeita que estava com os resultados até então.

O diretor-presidente em exercício tinha como perfil ser uma pessoa comedida, sem quaisquer atos de arroubo.

Alguém que administrava a empresa sempre considerando os custos e benefícios de qualquer decisão:

– Sem atos de ousadia…

– Sem atos de impacto…

– Sem atos de ambição…

Simplesmente… Administrava.

E por conta de tudo isso, o conselho de administração resolveu demitir o até então diretor-presidente, e contratar um novo.

Que chegou determinado a agitar as bases!

E implantar um novo estilo de pensamento, para tornar a empresa mais rentável e produtiva.

No primeiro dia, entusiasmado com o novo desafio em sua carreira, e acompanhado dos principais assessores, fez uma inspeção pessoal a todas as dependências da fábrica.

No armazém todos estavam trabalhando; mas…

Um rapaz… Um jovem… Quase um garoto…

Chamou-lhe a atenção – por estar encostado na parede com as mãos no bolso.

Vendo uma boa oportunidade de demonstrar a nova filosofia de trabalho que ele pretendia implantar na empresa, o novo diretor-presidente perguntou ao rapaz:

Quanto é que você ganha por mês, “rrrappazzz”?

– Eu? R$ 1.000,00; por quê? – respondeu o rapaz.

O novo diretor-presidente tirou R$ 1.000,00 do bolso e os deu ao rapaz, dizendo:

– Aqui está o seu salário deste mês. Agora desapareça e não volte aqui nunca mais!

O rapaz, surpreso com a atitude de quem lhe falava, guardou o dinheiro e, mais que depressa, saiu correndo…

O diretor-presidente então, enchendo o peito, pergunta ao grupo de operários que presenciou a cena:

A partir de hoje, esse será o pensamento a ser cultuado por todos em nossa empresa!

– 

– Não quero ninguém encostado na parede, esperando que alguém lhe diga o que tem de fazer; todos terão de ter iniciativa para buscar o pleno cumprimento de suas responsabilidades… Se alguém não souber o que tem de fazer, isso será única e exclusivamente uma manifestação tácita de sua falta de compromentimento com nossos princípios e, conseqüentemente, com nossa missão!

– Por exemplo, algum de vocês sabe o que este tipo fazia aqui em nossa empresa?

– Sim, senhor (responderam em coro os atônitos operários): era um motoboy que veio entregar uma pizza – e estava aguardando o pagamento…

– 

***

“A alta gestão executiva exige quatro tipos diferentes de pessoas: pessoas de idéias, pessoas de ação, pessoas de gente e pessoas de frente.” (Peter Drucker)