O QUE SIGNIFICA VALOR DE MERCADO

Valor de mercado: a mais pura manifestação prática da lei básica da economia:

– A lei da oferta e da procura.

Valor de mercado é o resultado prático da importância de um ativo (um bem) traduzido por:

– Qual o preço mínimo que quem o oferece está disposto a vendê-lo; e,

– Qual o preço máximo que quem o procura está disposto a pagar por ele

Pois em economia  basicamente só existem dois “atores:”

– Vendedores; e,

– Compradores

Alguém que se disponha a vender um bem, estabelece o preço pelo qual o venderia:

– No mínimo, $100!

Enquanto outro alguém que se disponha a comprar esse mesmo bem, também estabelece o preço pelo qual o compraria:

– No máximo, $50!

Por qual preço será eventualmente efetivado esse negócio entre esses dois “atores”?

– Pela expectativa do vendedor – $100?

– Ou pela expectativa do comprador – $50?

A resposta é óbvia: depende…

Se esse vendedor for o único a se dispor a fornecer esse bem, ele estará numa situação bastante cômoda, no sentido de atingir seu objetivo de vendê-lo por $100 – principalmente se houver muitas outras pessoas procurando por esse bem.

E  mais ainda se dentre essas pessoas procurando por esse bem houver quem esteja disposto a pagar o que for preciso para obtê-lo.

Mas…

E se esse vendedor fosse simplesmente mais um dentre diversos muitos outros dispostos a vender esse bem?

Numa situação em que não houvesse mais do que um comprador disposto a comprar esse bem?

Muito provavelmente ele teria de se contentar com a única oferta de compra existente – $50!

E não fosse ágil o suficiente para aceitar o preço oferecido num tempo adequado, talvez tivesse que vendê-lo por um preço menor ainda…

Em resumo, o valor de mercado de um bem representa o preço pelo qual esse bem pode ser negociado de maneira usual, em condições de livre concorrência entre compradores e vendedores.

Independentemente de suas características intrínsecas.

Intrínsecas?

Sim, intrínsecas.

Pois para o mercado pouco importa o valor sentimental que uma “Brasília amarela, ano 1975” possa ter para seu proprietário no presente – independentemente suas lembranças passadas!

Para o mercado o que define o valor de um ativo no presente é se o valor investido no passado tem alguma expectativa concreta de recuperação futura…

***

“Freud explica pelo menos uma coisa: o número absurdo de divãs que se vendem no mundo.” (Max Nunes)

 

Comentários: