O QUE SIGNIFICA SAUDADE

Saudade: sentimento profundo de vazio emocional.

Sentimento provocado pela falta de algo ou de alguém responsáveis, ou com papel de destaque, por emoções prazerosas na vida de uma pessoa, mas cuja ausência desse algo ou desse alguém traz a perspectiva inequívoca de que novas experiências não serão mais possíveis no presente ou no futuro.

E então, o que sobra?

Procurar reviver o passado, incorporando ao pensamento as condições e situações em que aquelas experiências foram vivenciadas.

Muita gente tem saudades dos tempos de escola, principalmente do ensino de primeiro grau:

– Saudade do primeiro dia de aula;

– Saudade da primeira professora;

– Saudade do primeiro amigo na escola;

– Saudade da primeira lancheira;

– Saudade do primeiro caderno…

E essa saudade nasce do simples fato de consciente, ou inconscientemente, todos sabermos que será impossível reviver as emoções sentidas naquelas situações, por conta do inevitável ciclo da vida, onde as pessoas nascem, crescem, reproduzem-se e…

Todo mundo sabe que ninguém nunca mais terá uma segunda chance de ter um segundo primeiro dia de aula.

Assim como um segundo primeiro estágio…

Um segundo primeiro emprego…

Um segundo primeiro carro…

Um segundo primeiro beijo…

Um segundo primeiro amor…

Saudade só nasce por conta de nossa capacidade armazenamento de memória – que é a de guardar recordações em nosso disco rígido natural, popularmente chamado de cérebro.

Mas muito mais importante do que saber que saudade tem a ver com um sentimento de falta, é estar consciente de que saudade tem a ver com emoções – e emoções de prazer.

Pois ninguém em sã consciência cultiva a saudade por conta de emoções de dor ou sofrimento que tenha experimentado em seu passado.

Saudade sempre tem a ver com:

1º – Um sentimento de prazer que se teve no passado; ou,

2º – A falta de perspectiva de novas experiências no futuro.

Normalmente, o sentimento da saudade é sempre vinculado à segunda situação e, conseqüentemente, à velhice.

Só que não é bem assim: afinal, quem determinou que o passado só tem a ver com o que ocorreu a 10, 20, 40 anos atrás?

Saudade não tem a ver com o tempo; tem a ver com emoções.

E emoções nascem do coração – que é quem nos faz mergulhar de cabeça, ou não, em nossas experiências do dia a dia.

Saudade, coisa de velho?

Tolice dos jovens de idade, e fracos de sentimento.

Pois quanto mais cedo uma pessoa sentir saudade, isso signifcará que mais marcantes terão sido suas emoções de vida, quaisquer que sejam as áreas:

– Família;

– Escola;

– Trabalho;

– Amigos:

– Sociedade…

Saudade não tem a ver com idade, tem a ver com felicidade; e se alguém não sente saudades, é porque não está correndo os riscos suficientes em sua procura por ela – que é o que acontece quando o coração palpita para os ouvidos:

– Nada do que foi será do jeito que já foi um dia: tudo passa, tudo sempre passará…

***

“A saudade é a memória do coração.” (Coelho Neto)

 

Categorias@

Comentários: