PIB

PIB:

– Produto interno bruto.

PIB representa um cálculo cujo objetivo é mensurar o total de riquezas produzidas por um país, independentemente de sua natureza.

Ou seja, se se tratam de bens ou serviços:

Para o cálculo do PIB de um país pouco importa sua natureza porque a ela se sobrepõe o próprio conceito de riqueza:

– Um conjunto dos bens e serviços que tenham utilidade como tal, por atenderem às necessidades humanas e passíveis de domínio, posse ou propriedade.

E quais são os bens ou serviços que atendem às necessidades humanas?

Todos aqueles que produzam alguma satisfação:

– Uma casa;

– Um posto de gasolina;

– Um carro;

– Um hospital;

– Um guia turístico;

– Um porteiro;

– Uma agência bancária;

– Uma diarista;

– Uma padaria;

– Um pet shop…

Ou seja, quanto mais produtivo for um país em termos de disponibilização de bens e serviços a seus cidadãos, tão mais possível será a esse país prover-se de recursos para seu desenvolvimento.

E tanto maior será a possibilidade de realizá-los de maneira independente – o que significa não haver a necessidade de recorrer a recursos de outros, quer sejam esses outros países ou pessoas extremamente ricas.

Afinal, você gostaria de ficar rico – ou, em outras palavras, ser capaz de produzir riqueza?

Se sim, que bom – sinto-me recompensado espiritualmente.

Muito mais do que materialmente.

E justamente por isso tenho de alertá-lo de que para atingir esse objetivo, você terá de se dedicar a fazer algo que de alguma maneira seja útil para alguém, independentemente da natureza do que você se proponha a fazer.

Moral da história:

– Quanto mais rico você procurar se tornar, independentemente do que você se proponha a fazer em termos de prover o país com bens, serviços ou o que quer que seja, mais você estará contribuindo objetivamente para enriquecer o nosso PIB

***

“Ser pobre não é crime – mas ajuda a chegar lá.” (Millôr Fernandes)

 

Comentários: