AUTOCONTROLE

Autocontrole: a capacidade de controlar a si mesmo; de autodomínio; de manter o equilíbrio, independentemente do que ocorre a seu redor.

E o que isso importa em nosso dia a dia?

No ônibus da vida, ou se é motorista ou se é passageiro…

Pois é justamente o autocontrole que define nosso posicionamento nesse trajeto, ao propiciar o condicionamento mental necessário para que se tenha:

– Disciplina;

– Complacência;

– Paciência;

– Dedicação;

– Esforço

Afinal, o que significa autocontrole? 

Autocontrole significa um condicionamento mental permanente de reflexão – sobre tudo o que ocorre ao redor.

Reflexão significa projetar mentalmente uma imagem. 

E, com base nessa imagem, estabelecer a conduta ideal a ser adotada nas circunstâncias. 

Em situações do tipo: 

– Não brigar com o professor por causa da nota – se ele é tão exigente, que tal surpreendê-lo ao estudar mais para a próxima prova?

– Não brigar com o chefe por conta do relatório – se ele é tão meticuloso, que tal apresentar dúvidas no relatório para as quais nem ele tinha pensado?

– Não brigar com o vizinho por causa do barulho – se ele é tão extrovertido, que tal convidá-lo para tomar uma cerveja às 2 horas da manhã? 

– Não brigar com o pedestre por conta do trânsito – se ele está tão desatento, que tal tocar levemente na buzina e acenar como quem conhece sua mãe? 

– Não brigar com o computador por causa da conexão na internet – se ele está tão lento, que tal considerar a troca de sua operadora de banda larga? 

Estes são só exemplos de muitas das situações em que o autocontrole de uma pessoa é posto à prova.

E muitos outros ainda poderiam ser acrescidos – pois, no mundo atual, o que não faltam são motivos para se perder o autocontrole.

Mas por que as pessoas perdem o autocontrole?

Porque elas inconscientemetne abandonam a frieza e o calculismo:

– Frieza no sentido de avaliar quando é necessário sua razão se sobrepor a seu sentimento;

– Calculismo no sentido de avaliar quando é necessário seu sentimento se sobrepor a sua razão.

Na prática, o autocontrole de uma pessoa depende simplesmente do equilíbrio entre quão fria e quão calculista essa pessoa consegue ser no dia a dia de suas interações com as outras pessoas.

Ainda assim, nada disso seria suficiente para definir o real significado de autocontrole, que ao fim e ao cabo representa só uma ferramenta – tipo uma chave. 

Mas que só serve para abrir uma única porta:

– Aquela em que não se depende da opinião de ninguém para se ter o controle efetivo sobre sua própria vida.

Autocontrole significa avaliar suas próprias atitudes permanentemente, de maneira a projetar que o resultado de quaisquer uma delas não dê motivos para que as pessoas digam que você não tem autocontrole – mesmo quando elas lhe dão razões de sobra para perdê-lo…

 

***

“Contaram-me que os peixes não se importam de serem pescados pois têm o sangue frio e não sentem dor – mas não foi um peixe que me contou isso.” (Heywood Brown)

 

Comentários: