PROMOVIDO

O que fazer para ser promovido representa uma das mais importantes questões no mundo corporativo.

Mas muitas pessoas se esquecem do real significado de ser promovido, que é:

– Ser reconhecido pelo seu esforço no desempenho de seu papel.

Só que nenhuma empresa que faz ‘promoção’ para seus clientes acredita em Papai Noel… Portanto, quem quiser fazer a própria ‘promoção’, é bom não acreditar em Papai Noel também!

Pois tem um monte deles rondando pelas ruas das cidades – todos mais ou menos iguais, com a mesma barba, roupa, e o mesmo inevitável e “enigmático”:

– Oh, oh, oh…

O que fazer para ser promovido?

Quer seja por princípios (“minha evolução profissional tem de ser constante!”).

Quer seja pela necessidade de um rendimento extra para fazer face ao crescimento das despesas pessoais (“não dá para pagar a conta do supermercado só com realização profissional!”)…

Quer seja por um simples surto de estacionite.

Independentemente das razões de cada um o fato é que inevitavelmente, a certa altura da carreira, as pessoas acabam por se defrontar com essa questão.

E à medida que o tempo vai passando a “autopressão” psicológica aumenta:

– O que fazer para ser promovido?

Por outro lado…

Por que tanto interesse em ser promovido?

Por que não, simplesmente, procurar um novo emprego?

Um novo trabalho?

Uma nova ocupação?

Não seria, teoricamente, mais fácil?

Ou, pelo menos, menos estressante do ponto de vista psicológico?

Afinal, não há nada mais humilhante para uma pessoa precisar pedir a outros o reconhecimento daquilo que é evidente: seu esforço, comprometimento e dedicação.

Justamente a quem foi o principal beneficiário desse esforço – e não o reconhece!

Pelo menos explicitamente – ou até então.

No fundo, todo mundo sabe o que fazer para ser promovido.

Só que, por conta de uma das principais características do ser humano, essa constatação é protelada, adiada e até mesmo…

Odiada.

Afinal, quem quer sair da ‘zona de conforto’?

Empresa…

Chefes…

Colegas…

Ambiente…

Salário…

Tudo já conhecido…

E de certa maneira ‘dominado’…

Só que ‘dominado’ não significa ‘controlado’.

Pois ninguém controla nada em seu trabalho.

Aliás, se controlar as atribuições de sua função já será um grande passo para uma estabilidade ímpar no mercado de trabalho atual…

E então?

– O que fazer para ser promovido:

– Não se irrite;

– Não se desespere;

– Não se afobe;

– Não se descontrole;

– E, principalmente, resolva…

Antes que alguém tenha de tomar a iniciativa de resolver por você.

Pois a busca por resolver é a principal fonte de quebra de sua eventual ‘zona de conforto’.

E, se ainda assim, não houver promoção, não se sinta frustrado…

Pois a frustração é o principal sentimento de travamento na carreira das pessoas.

E pessoas vencedoras não perdem seu tempo se martirizando com a falta de reconhecimento de outras pessoas sobre seu desempenho.

Apenas procuram entender o que, de alguma maneira, não fizeram certo, para numa nova oportunidade fazer diferente.

E conseguir um resultado também diferente – sem esperar nada dos outros!

Pois esperar por reconhecimento é admitir que sua vida depende da iniciativa dos outros.

Não da sua…

***

“Se você continuar fazendo o que sempre fez, vai continuar a conseguir o que sempre conseguiu.” (Anthony Robbins)

 

Uma resposta para “PROMOVIDO”

  1. Muito proveitoso o artigo, ser promovido é sem duvida uma meta de todo funcionário, principalmente daquele que já tem um certo tempo na empresa, ou pelos menos deveria ser uma meta, no entanto algumas barreiras e dificuldades frustam e muitas vezes acabam com essa esperança.
    Acredito muito que a dedicação e paciência são fatores fundamentais nessa busca.

    Parabéns Vito, ótimo artigo!

Comentários: