PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Patrimônio líquido?

O estado atual das operações de um empreendimento – ao fim e ao cabo.

Patrimônio líquido significa, numa entidade,aquilo que realmente interessa a seus sócios, acionistas, quotistas, clientes, fornecedores, ou equivalentes.

Representados simplificadamente por meio da seguinte equação:

– Patrimônio Líquido (=) Ativo (-) Passivo

Onde:

– Ativo significa todo bem, direito ou equivalente.

– Passivo significa toda dívida (obrigação de desembolso futuro), ou equivalente.

O patrimônio líquido de qualquer entidade, seja ela uma empresa, uma instituição ou mesmo uma pessoa física, será sempre o resultado final da confrontação entre:

— Os bens e direitos dessa entidade

— Deduzidos de seus deveres e obrigações

Suponha que uma entidade (qualquer que seja seu ramo de atuação) tenha adquirido um imóvel no valor de R$ 10.000.000,00, em 100 parcelas mensais de R$ 100.000,00, e declare que seu patrimônio é de R$ 10.000.000,00 no momento da aquisição.

Ela não estará mentindo.

Estará simplesmente, no mínimo, omitindo!

Pois no momento da aquisição, o imóvel representa sim um valor a ser considerado patrimonialmente.

De maneira “bruta”.

Considerado de forma “líquida”, seguindo-se a equação [Ativo (-) Passivo] seria:

— R$ 10.000.000,00 [ativos, ou bens e direitos] (-) R$ 10.000.000,00 [passivos, ou deveres e obrigações]

Resultado:

— R$ 0.000.000,00…

O conceito sobre o que representa efetivamente patrimônio líquido numa entidade está diretamente relacionado à disponibilidade de recursos aos que participem no capital dessa entidade, depois de saldadas todas as obrigações.

Numa entidade, qualquer que seja ela, os detentores de seu controle (sócios, acionistas, quotistas, ou equivalentes) sempre serão aqueles que, em última análise, vão usufruir dos ganhos (ou perdas…) incorridos pela entidade no decorrer de suas operações.

E, para a correta determinação desses ganhos (ou perdas) será sempre imprescindível a correta determinação, na entidade, do que seja:

— Ativo;

E do que seja:

— Passivo…

Portanto, a chave para a correta determinação do patrimônio líquido de uma entidade estará sempre em se determinar, com precisão (tanto quanto possível sob o ponto de vista do que seja praticável) os ativos e passivos dela.

A definição de patrimônio líquido pode ser considerada como um dos conceitos mais objetivos da contabilidade (e, por tabela, das finanças e da economia) e isso ocorre por conta de um simples exercício de matemática básica, aplicável não só às empresas, mas também à qualquer pessoa:

— Hoje, efetivamente, seus ativos seriam capazes de pagar seus passivos?

***

“Peça dinheiro aos pessimistas; eles não esperam recebê-lo de volta.” (Steven Wright)

 

Comentários: