INSPIRAÇÃO

Inspiração é a principal chave para a porta da felicidade – e, de quebra, pode ser também para a do sucesso.

Mas isso só se torna possível quando o cérebro é motivado a pensar de maneira diferente.

Procurando por alternativas na resolução de problemas.

Que até então não tinham sido solucionados.

Problemas reais ou imaginários, pouco importa.

Pois não deixam de ser problemas.

E para os quais o cérebro não tinha ainda identificado em seus arquivos as soluções possíveis.

E por isso, no afã de resolvê-los, busca fontes para sua alimentação.

E quais seriam as fontes para a alimentação do cérebro humano?

Já está mais do que provado que até palavras cruzadas podem ajudar nesse processo.

E fazer de maneira diferente o que se faz todos os dias de maneira rotineiramente automática pode ser até mais produtivo:

– Fazer um novo caminho para o trabalho;

– Almoçar num restaurante diferente do usual;

– Dormir de lado, quem sempre dormiu de bruços;

– Aceitar o que sempre reclamou;

– Reclamar do que sempre aceitou…

Inspiração só nasce como decorrência de uma nova maneira de se ver o que acontece.

O que significa inspiração?

Um lampejo de introvisão…

Onde os resultados podem ser os mais inesperados.

Desde que quem tenha esse lampejo consiga avaliar prontamente a utilidade desse pensamento.

E traduzi-la em criatividade.

A mãe da inspiração.

Como obter inspiração?

Inspiração, em 10 passos:

1. Rotina – só tem rotina quem faz tudo, do mesmo jeito, todos os dias; quem costuma ir de carro para o trabalho, que tal pegar um caminho diferente? Quem costuma ir de ônibus, que tal pegar um ônibus com trajeto diferente…

2. Comunicação – a palavra “comunicar” não é sinônimo de “falar”; que tal procurar ouvir antes de começar a falar…

3. Trabalho – representa o compromisso mais importante na vida de um profissional; desde que suas férias sejam tanto quanto…

4. Lazer – viagens podem ser momentos revigorantes; desde que não sejam sempre para o mesmo lugar…

5. Gastronomia – comer carne é saboroso; e comer peixe pode ser muito mais…

6. Social – é confortável conviver com pessoas que não contrariam; só que conviver só com elas não exercita a criatividade…

7. Educação – estudar dá trabalho; e ignorância muito mais…

8. Idéias – vivemos numa sociedade aberta, e por conta disso ninguém é obrigado a concordar com tudo o que ela dispõe; inclusive com isso…

9. Idéias – existe sim o “certo” e o “errado” na vida; e para identificá-los basta analisar as conseqüências…

10. Objetivos – não se pensa pequeno quando se quer ser grande; só que pessoas tropeçam em pedras, não em montanhas…

Inspiração não vem necessariamente só de coisas grandes – quem despreza as coisas pequenas é porque nunca tentou dormir tendo de conviver com um pernilongo em seu quarto…

***

“Se você fizer o que sempre fez, alcançará o que sempre alcançou.” (Anthony Robbins)

 

Comentários: