FELIZ NATAL

Natal:

– Não há data que possa inspirar mais a vida de uma pessoa.

Não importa o reveillon…

Muito menos o carnaval!

Tanto o reveillon quanto o carnaval representam apenas datas festivas, em que a expectativa das pessoas se resume a usufruir tanto quanto possível desses feriados.

E não me venha com aquela estória de que o reveillon representa uma data importante para as pessoas, por conta da oportunidade de reavaliação de suas vidas.

Essa estória de achar que no último dia do ano as pessoas terão a inspiração necessária para, num lampejo de introvisão, refletirem sobre o passado, redefinirem a maneira como estão conduzindo suas vidas e projetarem seu futuro é puro marketing.

Coisa dos Dons Drapers da vida…

Pois o dia de Natal representa a verdadeira essência da convivência humana.

Um dia reservado para celebrar.

Celebrar com a família.

Celebrar com os amigos.

Celebrar com os conhecidos.

Celebrar com os desconhecidos.

E celebrar o quê?

O simples fato de poder celebrar!

Com todos que possam estar ao seu redor!

Independentemente de suas crenças, de sua condição econômica, de sua raça, de seu gênero.

Enfim, independentemente de quaisquer fatores.

E é justamente por isso que o Natal é a data mais importante como fonte de inspiração.

Quem não gosta do dia de Natal porque não tem família é porque não entendeu que se não encontrou uma família pronta, isso não quer dizer que não possa criar uma família.

Quem não gosta do dia de Natal porque não tem amigos é porque não entendeu que se não encontrou pronto um círculo social de amigos, isso não quer dizer que não possa formar seu próprio círculo de amigos.

Quem não gosta do dia de Natal porque não gosta de se relacionar com desconhecidos é porque não entendeu que desconhecidos são todos aqueles com os quais nunca nos relacionamos.

Enfim, o que é o Natal?

A data mais inspiradora na vida das pessoas.

Mas não de todas!

Somente daquelas que estiverem dispostas a celebrar incondicionalmente o verdadeiro milagre da vida:

– Ter nascido – e ter a oportunidade de usufuir da vida…

Celebrar o Natal significa aceitar com humildade a dádiva da vida – e assumir a responsabilidade de tentar melhorar tudo o que a cerca…

***

“O homem livre é senhor de sua vontade e escravo somente de sua consciência.” (Aristóteles)

 

Comentários: