LEGISLAÇÃO

Legislação: a esperança de alcançar o céu na terra.

Pobre é o povo que deposita sua esperança em solucionar por meio de legislação problemas que dependem de sua própria educação…

A regra para a perfeita convivência humana em sociedade, a partir da legislação criada por DEUS (pelo menos segundo os preceitos da civilização Judaico-Cristã-Ocidental), poderia ser resumida em um único artigo:

– Ama DEUS sobre todas as coisas, e ao próximo como a ti mesmo,

Se a humanidade observasse em seu convívio com seus semelhantes esse único mandamento, precisaríamos mais de tanta legislação?

Afinal, se alguém amar ao próximo como a si mesmo, jamais se disporá a:

1. Desrespeitá-lo…

2. Enganá-lo…

3. Traí-lo…

4. Roubá-lo…

5. Matá-lo…

Por quê?

Porque ele veria em seu semelhante ele mesmo.

Ou, em outras palavras, ele não faria com outro aquilo que ele não quisesse que outro fizesse com ele…

“Ah, mas os mandamentos são dez!” dirão alguns…

Sim, são dez!

Se em pleno século 21 ainda há a necessidade de se expor idéias de maneira suave, paulatina e, para ser mais objetivo, “didática”, imagine no tempo de Moisés, quando 99,9% da população do planeta Terra não sabia nem sequer escrever (quanto mais ler) – imagine então ser capaz de apresentar conceitos abstratos sobre normas de convivência social sem um mínimo de senso professoral?

Ou seja, na realidade, há um único mandamento – os demais são exemplos do que deveria ser feito para cumprimento do único mandamento.

Já, na convivência com toda essa legislação atual criada pelos seres humanos, dada a profusão em que ela se multiplica a esmo (tentando controlar tudo e todos, aqui, lá, acolá, e agora, e ontem e amanhã), qual é o resultado consagrado pelos usos e costumes da sociedade moderna para tentar minimamente se defender (e, em alguns casos, safar-se) dessas suas múltiplas aplicabilidades?

1. Se a legislação estiver contra você, conteste os fatos;

2. Se os fatos estiverem contra você, procure na legislação algo que justifique seus atos; e,

3. Se os fatos e a legislação não facilitarem sua defesa… Troque de advogado!

No fundo, no fundo…

Bem do fundo…

Mas lá no fundo mesmo…

Existe um único preceito que pode delinear de maneira civilizada a conduta de uma pessoa:

– Educação!

Pois só ela pode alcançar o tal lá no fundo mesmo – e fornecer a inspiração necessária para uma efetiva mudança de atitude.

Que, em outras palavras, nada mais é do que despertar:

– Sua consciência…

***

“Uma das maiores ilusões existentes é a esperança de que os males do mundo sejam sanados pela legislação.” (Thomas B. Reed)

 

Comentários: