IRPF: PERGUNTAS E RESPOSTAS

Disponível o manual “IRPF 2017 – Perguntas e Respostas – Programa do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (Exercício 2017 – Ano-calendário 2016)”.

Você pode acessar esse material através do endereço abaixo:

IRPF 2017

(Último acesso: 01-03-2017 – 00:25)

Para os eventualmente leigos na matéria, cabe ressaltar uma noção básica daquilo que o referido “manual” apresenta é muito importante para melhor gerenciamento de suas características tributárias.

O que significa, no mínimo, poupar-lhe alguns preciosos “centavos” na apuração de seu IRPF.

Em última análise, pode convencê-lo da real necessidade de recorrer a um profissional competente para cumprimento dessa obrigação.

O contribuinte obrigado a apresentar a declaração de imposto de renda, no caso de entrega após o prazo previsto:

– 28/04/2017

Fica sujeito ao pagamento de multa por atraso de, no mínimo:

– R$ 165,74 (se não houver imposto a pagar), podendo chegar essa multa a 20% do imposto devido.

Vale ressaltar que a entrega após o prazo previsto de declaração retificadora não está sujeita à multa por atraso na entrega, uma vez que a multa somente se aplica ao atraso da entrega original.

Ou seja, havendo a disponibilidade de todos os dados básicos para preenchimento da declaração que não alterem o cálculo final do imposto devido ou a ser restituído, a declaração deve ser encaminhada.

Ainda que subseqüentemente haja a necessidade de alguma retificação, para que não se incorra na multa a que se estaria sujeito no caso de não entrega dentro do prazo original.

É importante ressaltar que, no caso de declarações de anos anteriores, os valores e comentários feitos podem não ser aplicáveis – por exemplo:

– Multa por atraso na entrega;

– Valores de isenção;

– Prazo de entrega.

E quaisquer outras informações que eram,  ou possam vir a ser, específicas ao ano da declaração.

Pois no Brasil de hoje, até o passado pode mudar…

Portanto, tenha sempre em mente;

– A consulta a um profissional suficientemente qualificado será sempre a melhor opção no momento de declarar seu real status tributário.

***

“O dinheiro que você ganha vale o preço que você paga.” (Graham Nash)

 

Comentários: