O QUE SIGNIFICA INDIFERENÇA

Indiferença: um dos mais profundos sentimentos na vida…

A festa já estava rolando solta!

Enquanto isso, a “indiferença” começava a rolar num apartamento na zona sul: e com ela, suas usuais e inevitáveis dificuldades…

– Puxa! Voltar da viagem de lua-de-mel e já ter uma balada no dia seguinte… Só espero que…

– E este, amor: o que você acha?

– An… Lindo, querida…

Lindo!

– É, lindo…

– Você acha este vestido lindo?

– De novo…?

– O anterior eu também achei lindo, e lindo por lindo, quero estar com o que seja mais lindo!

– Ah, então esse é “lindo, lindo, lindo”… O anterior era só “lindo”… Agora vambora!

– Agora, os sapatos!

– Sapatos…?

– Este vestido tem um tom pastel; qual sapato combinaria melhor?

– Sério? O que está acontecendo é isso mesmo que estou entendendo? Você já vestiu duas calças, três saias, quatro blusas, cinco vestidos… Já está trocando de roupas há pelo menos uma hora e meia, pedindo minha opinião sobre cada combinação de roupas que você veste, e ainda vai escolher os sapatos?

– Preto. Não, branco. Não, marrom. Cruz credo; odeio marrom. Verde! Isso! Verde! Querido, você vê problema se eu usar este sapato verde?

– Não… Problema nenhum… Quer dizer… Tem um problema sim… Se demorarmos mais um pouco, a festa vai acabar antes de chegarmos…

– É, talvez o branco combine melhor.

– Branco…?!? Não era verde…?!?

– Ah tá, entendi: você prefere o verde!

– Não… Sim… Quer dizer…

– Como sempre, você está com razão. E a bolsa?

– A Bolsa? Ah, fechou em baixa ontem… Crise na Grécia, na Espanha, no Euro, nos Estados Unidos… E o PIB do Brasil em queda livre… Uma hora o governo vai ter de se tocar e tomar medidas efetivamente eficazes para enfrentar esse problema, afinal… Epa!!! Mas por que diabos você está me perguntando isso agora? Você sempre mostrou indiferença sobre meu trabalho?!?

– Você acha que uma bolsa preta vai combinar com o vestido?

– Annnn…

– Ou seria melhor uma branca, para combinar com o sapato?

– Annn…

– Sei, sei: como ainda não escolhi o xale, fica difícil para você sugerir a melhor harmonização sem saber tudo o que quero vestir, né?

– Ann…

– Mas eu faço isso assim que eu achar aquela tiara que mamãe me deu como presente de aniversário de quinze anos.

– An…

– Deixa eu só ver qual cinto fica melhor com o vestido que você escolheu, e depois vamos ver qual das blusinhas vou vestir. Ai querido, é tão maravilhoso poder fazer você feliz!

– …?

***

“Há mais coisas boas da vida que são perdidas pela indiferença do que pela hostilidade explícita.” (Robert Gordon Menzies)