FRUSTRAÇÃO

Frustração não é escada – é degrau.

Um sentimento que inevitavelmente ocorrerá na vida da maioria das pessoas que se predispõem a correr algum tipo de risco ao longo de sua vida esse é, sem dúvida, o da frustração.

Frustração é o estado mental em alguém gerado pelo resultado de um fracasso – ou, em outras palavras, uma expectativa almejada, mas não alcançada.

E a maioria das pessoas o experimentará ao longo da vida, por conta de suas expectativas, por exemplo:

– Familiares;

– Emocionais;

– Escolares;

– Financeiras;

– Profissionais…

Frustração só existe quando uma expectativa pessoal não é alcançada.

Por exemplo, imagine um garoto aos 18 estabelecendo a seguinte expectativa profissional:

– Minha expectativa profissional é a de ter um rendimento mensal de R$ 25.000,00; com telefone celular, aluguel e carro pagos pela empresa – aos 25 anos!

Qual o potencial de frustração dessa pessoa?

Para uma pessoa vivendo nos Estados Unidos, provavelmente alguma coisa em torno de 80%…

No Brasil? Alguma coisa em torno de, aproximadamente:

– 98,76%…

Na realidade, os números acima não representam absolutamente nada do ponto de vista teórico, já que não possuem qualquer rigor científico – apenas minha percepção.

Mas representam tudo sob um ponto de vista eminentemente didático, fruto de nossa experiência de vida.

E da experiência de cada um daqueles todos que me contemplaram com o privilégio de compartilhar com eles suas experiências.

Não há nada de errado em alguém estabelecer para si expectativas ousadas.

Mas todo cuidado deve ser observado.

Pois, muitas vezes, o que pode parecer ousado em teoria, nada mais é do que insano na prática.

Qual o problema de se estabelecer metas insanas?

Não alcançá-las.

E o que isso representará para a vida de alguém?

Isso dependerá do valor que lhe for atribuído…

E o valor que deve ser dado a um sucesso é o mesmo que deve ser dado a um fracasso.

Apenas uma avaliação momentânea de uma etapa, dentro de um processo de longo prazo.

Longo prazo esse entendido como projeto de vida.

Não existe, e nunca existiu, um único ser sobre a face da Terra que não tenha alcançado o sucesso a longo prazo em suas expectativas que não tenha considerado todos os fracassos momentâneos como sendo apenas etapas de um projeto maior.

Frustração tem de ser consumida e digerida – jamais remoída.

Por que é tão importante saber conviver com a frustração?

Porque saber conviver com a frustração é a única alternativa que qualquer pessoa tem na vida para ser capaz de encontrar a felicidade…

***

“Se sua vida é isenta de fracassos, é porque você não está assumindo os riscos necessários.” (H. Jackson Brown)

 

Comentários: