DINÂMICO

E é justamente por isso que se apresentar como sendo especialista em economia é como se apresentar como sendo o rei da selva!

É de boa política combinar com o leão antes…

Boa noite, telespectadores! É com grande satisfação que eu, Marcia Ana Real, estou aqui para apresentar o Sentimento Econômico, nosso programa semanal de entrevistas que tem por objetivo esmiuçar de maneira clara e concisa os meandros do universo econômico. Hoje vamos entrevistar um dos maiores consultores do mundo em economia , o senhor George Gonewithewind, que com seu trabalho tem influenciado toda uma geração de técnicos da matéria ao longo de sua carreira – pois, antes de mais nada, trata-se de um grande empreendedor. Boa noite, senhor Gonewithewind; em suas palestras, o senhor tem afirmado que somente as grandes empresas vão sobreviver; por que isso?

Boa noite… Muito obrigado por esta oportunidade que vocês me concedem de expor minhas idéias de maneira clara e concisa. Em economia tudo é muito dinâmico; por exemplo, siga comigo o comportamento deste gráfico, cujo programa eu mesmo criei para acompanhar os reflexos das expectativas microeconômicas no ambiente macroeconômico, com base em premissas absolutamente científicas; analisando suas projeções, podemos concluir que somente 45% das grandes empresas vão sobreviver.

Senhor Gonewithewind!

Sim?

Desculpe-me interrompê-lo, mas o senhor disse no press-release da entrevista que somente 12% das grandes empresas iriam sobreviver!

Cientificamente, isso ocorre porque em economia tudo é muito dinâmico e…

Aham… Desculpe-me mais uma vez mas, na sua introdução, o senhor acabou de dizer que 45% das grandes empresas vão sobreviver!

E é isso mesmo!

?

Como eu disse em minha introdução, em economia, tudo é muito dinâmico! Acompanhe neste gráfico as expectativas dos agentes micro e macroeconômicos; através dele, podemos visualizar claramente que somente 35% das empresas vão sobreviver!

Aham… Senhor Gonewithewind!

Porque só 37,5% das microempresas tem condições de sobreviver ao atual cenário de dinamismo da economia local.

Microempresas?

Isso porque enquanto 97,53% das médias empresas não vão sobreviver, haverá um dinamismo cultural do ponto de vista tecnológico que assegurará que 35,79% das pequenas empresas que vão sobreviver garantam o pleno emprego da mão-de-obra ociosa, como decorrência da falência de 100% das empresas que não vão sobreviver aos desafios do dinamismo da sociedade moderna.

Aham…

Veja, eu sei que esses dados estatísticos são de difícil assimilação por leigos que não estão habituados a lidar com valores numéricos; mas isso, efetivamente, não quer dizer que 66,66% das empresas que vão sobreviver, não vão falir nos seis meses seguintes à sua fundação.

Senhor Gone… Com todo respeito!

Sim?

Como é que suas afirmações e seus percentuais podem variar tanto, de um segundo para outro?

Minha querida, foi exatamente esse o mote de minha introdução nesta entrevista! Pelo visto, você não prestou atenção quando eu disse que em economia tudo é muito dinâmico.

?

Ok, vou repetir minha introdução. O que acontece é o seguinte: em economia tudo é muito dinâmico e, por conta disso, somente 17,23% das pequenas empresas vão sobreviver…

***

“Estaria disposto a entender a economia, se me convencessem de que alguém entende.” (Luis Fernando Veríssimo)