COMO AS COISAS FUNCIONAM NAS EMPRESAS

Como as coisas funcionam nas empresas representa um dos mistérios que mais instigam a imaginação das pessoas em geral – e obviamente de seus próprios profissionais, em particular.

Afinal, nas mais variadas situações, o que todos gostariam de ter é a resposta a uma simples pergunta:

– O que diferencia as empresas entre si?

Quando é que uma empresa pode ser definida como:

– Grande?

– Média?

– Pequena?

E de onde vem a noção consagrada popularmente de que as empresas funcionam “automaticamente”? Como se fosse por “osmose”…?

Empresas, antes de tudo signifcam o resultado de um processo: de um conjunto de procedimentos praticados dioturnamente por seus integrantes.

De todos aqueles de delas fazem parte – e, de alguma maneira, garantem o seu funcionamento.

Como as coisas funcionam nas empresas?

As “coisas” numa empresa funcionam exatamente em consonância com o “funcionamento” de seus colaboradores – na prática, algo mais ou menos parecido com o que se segue:

– Não é o que se diz, mas sim o que se faz…

Se for uma “grande” empresa:

O Presidente, pelo interfone, para a secretária:

– Mariana, não achei o adoçante para o café…

– Sim, senhor Alcides, já tinha percebido e o solicitei à copa; já está seguindo – desculpe…

Se for uma “média” empresa:

O Sócio-Diretor, pelo interfone, para a secretária:

– Maria, o café veio sem adoçante…!

– Certo, seu Alcides… Vou entrar em contato com o refeitório e providenciar isso…

Se for uma “pequena” empresa:

O Sócio-Gerente, na porta da sala, falando com a secretária:

– Michelle, o café que a faxineira trouxe veio sem o adoçante! 

– De novo, seu Cides!?! Eu vou ver onde ela

Se for uma “micro” empresa:

O Dono, gritando sentado, da mesa de sua sala:

– Mileide, pombas, cadê o café?

– Peraí Cidão… Caraca… Que café?!?

 – …

***

 

“Sucesso é o resultado da prática constante de fundamentos e ações vencedoras. Não há nada de milagroso no processo, nem sorte envolvida. Amadores aspiram, profissionais trabalham.” (Bill Russel)

 

Comentários: