PONTO

Afinal, a que ponto chegamos?

Chegamos a um ponto em que nossa motivação depende de:

1. Nada do foi será… De novo do jeito que já foi um dia!

2. Tire suas mão de mim… Eu não pertenço a você!

3. Não tente me fazer feliz; eu sei que o amor é bom demais… Mas dói demais sentir!

4. Até nas coisas mais banais… Pra mim é tudo ou nunca mais!

5. Quem vive mente mesmo sem querer, e fere outro não pelo prazer… Mas pela evidente razão… Sobreviver!

6. O dom de querer bem é só se ligar… Tudo o que é mutante muda muito alguém!

7. Sempre assisto à rede Globo com uma arma na mão… Se aparece o Francisco Cuoco, adeus televisão!

8. Eu vou, sem saber para onde… Nem quando vou chegar!

9. Se algo andou errado, eu fui o culpado… Rogo seu perdão!

10. Qualquer mulher é sempre assim… Vocês são todas iguais!

11. Eu quero ver gente da minha terra… Eu quero ver gente do meu sangue!

12. Faz tanto tempo que eu não te vejo… Queria o teu beijo outra vez!

13. Meu destino não é de ninguém… E eu não deixo meus passos no chão!

14. A gente não sabemos eleger presidente… Inútil… A gente somos inútil!

15. Mas, hey mãe… Alguma coisa ficou para trás… Antigamente eu sabia exatamente o que fazer!

16. Dois problemas se misturam: a verdade do universo… E a prestação que vai vencer!

17. Minha casa não é minha e nem é meu este lugar… Estou só e não resisto, muito tenho pra falar!

18. Eu quero ver o por do sol, lindo como ele só… E gente pra ver, e viajar, no seu mar de raio!

19. Deixando versos na partida, e só cantigas pra se cantar… Naquela tarde de domingo, fez o povo inteiro chorar!

20. Eu sou nuvem passageira… Que como o vento se vai!

Afinal, a que ponto chegamos?

Durante o inevitável trajeto de nossa vida, o que acontece?

Rodamos, rodamos, rodamos…

E sempre chegamos ao ponto onde sempre estivemos!

Ou seja: de onde nunca saímos…

***

“Se você pensar sobre isto o tempo suficiente, perceberá que isto é óbvio.” (Saul Gorn)

 

Comentários: